terça-feira, 5 de março de 2013

I Love You To The Moon And Back - Capítulo 26


                                              Capítulo 26

-Joe – Demi chamou carinhosamente – Joe, acorda, a gente ta atrasado.
-Cinco minutos – ele resmungou se virando para o outro lado, Demi revirou os olhos e saiu do quarto.
-Bom dia, casal ternurinha – brincou – Nicholas, para de tomar todo o leite.
-Ué, você disse que poderíamos ficar a vontade – ele riu – sabe quando eu terei a oportunidade de ficar em uma casa dessa de novo? Nunca.
-Claro que não – Demi riu e se sentou ao lado de Miley apoiando a cabeça em seu ombro – vocês serão sempre bem vindos aqui.
-Ele sabe disso – Miley disse rindo – cadê o Joe?
-Dormindo – suspirou – cadê todo mundo?
-Já foram – Nick respondeu devorando um sanduíche.
-Nick, se controla, a gente ta indo pra uma festa – Miley riu.
-Eu sei, mas não se preocupa, meu apetite nunca acaba – piscou, Demi e Miley tiveram certeza de que tinha duplo sentido a frase.
-Seu idiota – Demi disse rindo – vou ligar pra Selena, aquela lá se a gente não apressar, ela só aparece para o show.
-Mulheres, por que demoram tanto pra se arrumar? – Nick resmungou enquanto Demi se levantava indo em direção ao telefone.
-Aí é que tá – riu discando o numero da amiga – quem atrasa tudo é o Bieber – debochou e pode ouvi-lo do outro lado da linha – ué, a donzela já está acordada? – brincou Demi antes de pedir pra falar com Selena.
Depois de alguns minutos no telefone e outros brigando com Miley que insistia em lavar a louça, ela conseguiu fazer com que eles fossem na frente e dispensou a ajuda de Nick para acordar Joe, afinal, ela estava acostumada já, mesmo que o sono dele fosse assustadoramente pesado.
Subiu as escadas assim que se despediu dos amigos afim de tomar banho, teria bastante tempo para se arrumar depois, já que esperaria Joe tomar o banho dele.
-Joe, acabou seu tempo – disse entrando no quarto de novo.
-Não – resmungou.
-Joseph, não tem mais nem um segundo, eu vou tomar meu banho e quando eu voltar eu quero te ver sentado nessa cama com a sua toalha na mão esperando para ir tomar o seu, ok? Ok – disse autoritária pois sabia que ele estava ouvindo cada palavra, pegou suas coisas e entrou no chuveiro.
Demi tomou um banho demorado e relaxante, seria um dia corrido, só conseguia pensar que já era para ela estar na clinica recebendo os convidados, revirou os olhos e terminou o banho relutante, saiu apenas com suas roupas íntimas e encontrou Joe na mesma posição, bufou.
-Joseph, levanta agora – disse com um pouco de raiva – o Ronan ta esperando a gente – ele não disse nada – estão todos esperando a gente, já foi todo mundo pra lá – mais uma vez ele nem se mexeu – JOSEPH, EU TO GRÁVIDA.
Nesse momento ele deu um pulo assustado e a encarou.
-Não precisa disso pra me acordar, quase morri – colocou a mão no peito.
-Eu pretendia contar em uma outra ocasião, mas você não colaborou – disse segurando o riso.
-Então isso é sério? – ele se levantou pálido.
-Não – ela riu – vai tomar banho logo.
-Idiota – arfou rindo também e entrou no banheiro.
Quase duas horas depois eles chegaram na clinica, passaram pela parte de trás já que os fãs já tomavam toda a fachada, tudo estava indo bem, os seguranças faziam um excelente trabalho, Demi já conhecia a maioria deles, entraram sorrindo para todos, as crianças estavam felizes e ainda se arrumavam em seus quartos para irem até o pátio onde estava tudo montado, os brinquedos, o palco, as carrocinhas com as comidas, tudo como ela planejou, tudo perfeito.
-Bom dia, príncipe – disse sorrindo assim que entrou no quarto de Ronan – animado?
-MUITO – o menino gritou e deu um pulinho indo até ela – eu ainda não vi como tá la fora, a tia Miley não deixou – fez um biquinho.
-Porque é surpresa – Joe explicou se agachando – e nós temos um presente pra você.
-Espero que goste – Demi sorriu e entregou um embrulho razoavelmente grande para ele.
No mesmo instante o embrulho estava espalhado pelo chão e o menino ria sozinho com o brinquedo em suas mãos, um dinossauro de quase quarenta centímetros, que andava, fazia uns sons estranhos e tudo mais, era um brinquedo incrível que Ronan havia pedido alguns meses atrás, Demi queria ter dado logo mas Joe disse que ele tem que esperar para ganhar as coisas, que não é assim, tem que ter um motivo para ser presenteado, e então eles resolveram dar no aniversário, já que estava próximo.
-E aí?
-Eu AMEI – ele riu e pulou no colo de Joe – obrigado, pai.
-De nada, campeão – riu – vamos? Estão todos lá fora já.
Joe colocou o filho no chão e ele estendeu uma mão para Demi e outra para o pai, a medida que passavam pelos corredores o som da musica aumentava, tocavam de tudo, as crianças corriam de um lado para o outro, finalmente estavam se divertindo ali dentro da clinica, lugar que antes parecia uma prisão, mesmo com todas as atividades para distraí-las, vários pais paravam Demi para agradecer pela oportunidade deles se divertirem daquele jeito mesmo passando por tudo, afinal, cada criança tinha uma história, uma dor, e estava lutando pela vida, ela encarou Ronan brincando na cama elástica e seus olhos se encheram de lágrimas.
-Ta tudo bem? – perguntou Joe a abraçando.
-Sim – riu – eu to feliz por eles.
-E eu to orgulhoso de você – ele deu um selinho nela.
-Demi – Denise se aproximou de braços abertos – deu tudo certo.
-Aparentemente – ela disse desfazendo o abraço.
-Olha pra ele – Denise sorriu – tão feliz, obrigada, Demi, sem você isso não teria sido possível.
Ela agradeceu corada.
-Demetria, conquistando a sogra, bem esperto – uma voz familiar a despertou.
-Bieber, não enche.
-Também tava com saudades – eles se abraçaram – você tá gata.
-Eu SOU linda, meu amor – ela debochou.
-Vocês são tão insuportáveis – Selena resmungou indo até Demi – que saudade, amiga.
-Cadê o presente do meu filho? – Demi disse rindo.
-Tá na caixa de presentes, não é pra isso que ela serve? – debochou Selena.
-Acho bom – Demi riu – eu vou falar com os outros convidados e – parou de repente olhando atrás de Selena – NIALL – correu até ele e o abraçou.
-O que essa criança ta fazendo aqui? – Joe perguntou furioso.
-Ela não te falou que tinha convidado ele? – Miley perguntou observando a cena.
-Falou, mas ela disse que ele não iria vir porque estava em turnê.
-Quer um conselho, Joseph? – Selena disse pegando um refrigerante – não tome muito refrigerante porque da celulite – bebeu um pouco – mas o conselho não é esse, é pra você deixar o Niall em paz e deixar a amizade deles em paz também, a Demi te ama e odeia ciúmes sem motivo, então.
-Eu não to com ciúme – bufou.
-Se controla ai, cara, a Selena tem razão – Justin disse estreitando os olhos por conta da claridade daquela manhã ensolarada – a Demi te adora e o Niall é só um amigo, não faz besteira por pouca coisa.
Joe revirou os olhos e pegou um cachorro quente enquanto assistia Demi gesticular animadamente conversando com Niall.
-Que bom que você veio – ela sorriu.
-Um pedido seu, impossível recusar – respondeu Niall em tom sedutor – e cadê o menino?
-Na cama elástica – Demi apontou.
-Ele é lindo – Niall foi sincero – espero que goste do meu presente.
-Ele vai gostar, tenho certeza – ela riu e o puxou pela mão – quero que conheça meu noivo.
-Demi, eu acho melhor…
-Anda, Niall – ela riu se aproximando dos outros – bom, o Justin e a Selena você já conhece.
-E aí, cara, como tá? – Justin se apressou em dizer estendendo a mão para Niall.
-Tudo bem – o menino riu simpático.
-Ei, Nialler – Selena sorriu e eles se abraçaram – saudades, cadê os meninos?
-Eles estão aproveitando esse tempinho de descanso – explicou – só dei um pulinho aqui pela Demi, não posso demorar.
-Pela Demi? – Joe disse tentando esconder a irritação.
-Niall, esse é o…
-Joseph – eles deram um aperto de mão que Joe fez questão de apertar forte, mas Niall nem estremeceu, respondeu na mesma intensidade – o noivo dela.
-Sei, ela fala muito em você – respondeu com naturalidade.
Ele riu satisfeito com a resposta e em saber que Niall sabia o lugar que ocupava na vida de Demi, ela revirou os olhos com a cena e encarou Selena pedindo ajuda.
-Bom, Niall, me fala, como tá a carreira?
-Incrível, melhor impossível – ele respondeu animado e engataram em assuntos sobre isso mantendo o ambiente mais leve e descontraído.
Depois do parabéns Demi, Justin e Selena foram se trocar para os shows, Niall, Joe e sua família foram para uma área mais reservada enquanto os fãs que haviam tido a sorte de ganhar as promoções tomavam o lugar, a maioria das crianças continuaram nos brinquedos e os pais conversando alegremente pelo pátio.
-Ué, você não falou que não podia demorar? – Joe perguntou na cara de pau, não estava nem um pouco a vontade com a presença de Niall.
-Um dos caras da banda ligaram dizendo que a entrevista que teríamos foi cancelada – explicou sem perder a paciência – vou ficar para ver os shows.
-Hum, tem certeza de que é uma boa ideia?
-Por que não seria? – Niall se virou pra ele enquanto bebericava um pouco de energético – relaxa, cara, não vou esconder que já tive uma quedinha pela Demi, mas não era amor, era só atração, ela é linda e eu a admiro muito, mas ela te ama, ela é sua noiva, ela escolheu você, e eu não quero nada além de amizade, para com isso antes que você afaste ela, sabe que toda mulher odeia ciúmes excessivo.
Joe bufou pois sabia que Niall estava certo, rolou os olhos e pensou na tarde de hoje, em que ele agira como um completo idiota, pegou Ronan no colo e resolveu ir fazer uma surpresa para Demi antes do show, entrou no camarim improvisado e a encontrou incrivelmente linda, uma calça jeans preta rasgada, um sutiã de renda preto com uma blusa cortada na lateral, sexy, ele pensou.
-Ei, o que vocês estão fazendo aqui? – ela riu pegando Ronan do colo de Joe.
-Viemos te desejar um bom show – Joe disse e deu um selinho nela.
-Ta tudo bem? – perguntou desconfiada.
-Desculpa por ter agido como um idiota – ele respondeu sem graça – eu confio em você.
-Obrigada – ela sorriu o encarando intensamente.
-Quem vai cantar primeiro? – Ronan perguntou retirando os dois do transe.
-A Tia Sel – disse Demi encostando no nariz dele com a ponta do dedo – depois o Justin e eu vou fechar.
-Por que você é a mais famosa? – Joe perguntou.
-Aham – Demi se gabou – mentira, tiramos no zerinho ou um.
-Besta – ele riu.
Ela terminou de se maquiar e foi com eles para a área vip assistir aos shows, quando Selena entrou muitos fãs gritaram, o repertório havia sido bem reduzido por conta do tempo, nada de efeitos especiais nem troca de figurino, tudo simples, quase um show acústico com pequenos intervalos entre eles,  até que no inicio da noite Justin gentilmente anunciou o show da Demi.
-Vou pra lá – ela respondeu.
-Bom show – Joe disse rindo e eles se beijaram.
-Muita merda pra você – Niall riu.
-Hã? – Joe perguntou sem entender.
-Depois te explico – ela sorriu – obrigada, Horan, break a leg.
Eles sorriram juntos e minutos depois Demi estava no palco, com certeza, não era o maior que já estivera, mas aquele ali, com aquelas pessoas significava muito mais do que um show gigantesco, ela começou confiante enquanto a plateia interagia a cada segundo, pulavam, dançavam e cantavam junto com ela, sem duvida um publico caloroso como ela preferia, em momentos oportunos nas musicas mais românticas ela olhava para Joe que correspondia ao olhar na mesma intensidade, no final do show ela tirou um tempo para responder alguns deles e se preparou para o meet que teria logo em seguida.
-Você – ela apontou para uma menina que tinha o mesmo corte de cabelo dela – amei seu cabelo.
-Obrigada – a menina respondeu sorrindo em meio as lágrimas – eu te amo tanto, é muito bom estar aqui.
-Awn, que meiga – Demi sorriu sem jeito.
-Eu queria saber se o Joe e o Ronan podem vir aqui no palco – a menina pediu e logo um coro de gritos e assobios a incentivaram.
-Eu não sei – Demi passou o dedo pelo cabelo e olhou pra onde eles estavam – vocês podem vir?
-Eu não posso fazer isso – Joe disse assustado.
-Ferrou – Miley riu.
-O que ta rolando? Por que não? – Niall perguntou.
-Ele tem pavor de publico – Miley respondeu ainda rindo da cara de pânico do Joe.
-Fala serio, cara, vai lá – Nick incentivou.
-Ta maluco, tem muita gente lá.
-Olha pra mim – Niall colocou a mão no ombro de Joe obrigando-o a encara-lo – tem uma luz bem de frente para o palco, essa luz não vai deixar você ver muito bem as pessoas a partir da quinta fileira – explicou – e outra, fica com o Ronan no colo e se esconde atrás dele, isso pode dar certo, e, ah, olha por cima da cabeça do publico, isso vai fazer parecer que você está olhando pra eles.
-Eu não…
-Você vai – Miley o interrompeu agarrando-o pelo braço e levando-o até o palco, os fãs foram a loucura quando viu Joe entrando e gritaram ainda mais quando Demi o recebeu com um selinho.
-Bem, esse é o Joseph – ela riu sem jeito e ele a abraçou de lado – e o Ron.
O pequeno se divertia com tudo, sorria para as fotos, fazia pose, respondeu até algumas perguntas, no final de tudo Joe e Demi saíram de lá de madrugada, chegaram em casa esgotados, o dia havia sido corrido.
-Nem acredito – ela disse se deitando ao lado de Joe na cama depois do banho.
-Você viu o sorriso dele? – Joe sorriu junto encarando o teto – de todas as crianças, dos pais, familiares…
Demi se virou pra ele apoiando o rosto na mão ficando de lado.
-Você é incrível – continuou – você é perfeita.
-Eu? O que eu fiz? – perguntou Demi inocente.
-Você tem a sua carreira, sua vida, e mesmo assim arrumou tempo pra pensar nas outras pessoas – ele explicou se virando pra ela – eu sou o cara mais sortudo do mundo.
-Isso eu concordo – ela se aproximou beijando-o – mas eu faço isso porque eu amo vocês, muito.
-Eu também te amo – ele sussurrou e se deitou abrindo os braços pra ela se deitar também – te amo muito – beijou o topo da cabeça dela e minutos depois pode ouvir sua respiração tomar um ritmo calmo e constante, sorriu, nada se comparava a sensação de tê-la ali, dormindo em seus braços.

Oi, oi gente :) Contagem regressiva !!!!! Tá acabando :( 
E aí ? Comentários ? xx