terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

I Love You To The Moon And Back - Capítulo 23


                                                     Capítulo 23
                       
Alguns meses haviam se passado e o quadro clinico de Ronan não havia avançado, na verdade, havia se agravado um pouco, os médicos decidiram experimentar outros métodos e ele entrou na fila para o transplante de medula enquanto Miley, Nick e Eleanor estavam a caminho para fazer o teste de compatibilidade, Kevin, Dani e Denise já haviam feito junto com a família de Demi e Joe, estavam a espera dos resultados.
-Toma – Demi jogou um chaveiro para Joe e ele pegou no ar, por reflexo.
-Que isso?
-Aqui nós chamamos de chave, de onde você veio eu não sei se tem outro nome – ela debochou e ele revirou os olhos.
-Implicante – suspirou rindo – que chave é essa, Demetria?
-Não vejo nenhuma Demetria por aqui – ela sorriu – tá, sério, é da picape, quero que fique com ela hoje, vou ao aeroporto buscar a Miley e o Nick, você vai para o hospital, mais tarde nos encontramos.
-O QUE? – ele sorriu e pulou feito uma criança – EU VOU DIRIGIR AQUELA PICAPE?
-Ela não anda sozinha ainda, né.
-MEU DEUS – ele correu até o carro e parou admirando-o – MEU DEUS…
-Para de gritar, Joseph – Demi riu da cara que ele fez quando tapou a boca inocentemente pedindo desculpas com o olhar.
-Demi – ele riu – eu sou mecânico, eu entendo disso, nem se eu trabalhasse toda a minha vida eu conseguiria ter uma dessas.
-Serio que é isso tudo? – ela revirou os olhos e foi até ele envolvendo-o pela cintura – sendo assim, pode ficar com ela.
-O QUE? – ele não se conteve em gritar de novo.
-Era do meu pai, mas ele comprou outra e essa ficou ai – deu de ombros – eu pedi pra mim já que gosto de carros grandes mas não deu muito certo, não dava altura – riu de si mesma – está no meu nome, pode ficar, assim que tivermos um tempinho eu passo ela para o seu nome.
-Eu não posso…
-É claro que pode, Joe – ela o beijou de leve.
-Mas eu nunca vou poder te recompensar por isso – ele abaixou a cabeça.
-Você já recompensou, você realizou meu maior sonho, o sonho de ter uma família, eu, você e o Ron somos uma agora.
Joe sorriu e a pegou pela cintura abraçando-a forte.
-Obrigado – ele sussurrou no ouvido dela, beijando-a ali.
-Eu que agradeço, por tudo – ela respondeu sorrindo de leve e se afastando do abraço – vamos, estamos atrasados.
Joe ligou o carro sorrindo, deu um selinho em Demi pela janela e saiu, quando ela se preparava para entrar em seu carro, sua mãe a chamou.
-Demi – Dianna disse se aproximando – o que ta acontecendo, hein?
-Oi, mãe – Demi sorriu – como assim “o que está acontecendo?” – imitou a voz da mãe e torceu o nariz, sendo que todos da família já sabiam do namoro.
-Você acabou de dar o seu carro para o seu namoradinho de alguns meses.
-Anda escutando a conversa dos outros agora, é? – Demi respondeu ainda na brincadeira – isso é feio, Dona Dianna.
-Estava vindo te pedir um pouco de café que seu pai esqueceu de trazer e ouvi por acaso – explicou – estou preocupada com isso.
-Como assim? Com o que?
-Com esse namoro – Dianna respirou fundo – Demi, minha filha, você tem que ir com calma, vocês estão juntos há alguns meses e você diz ao rapaz que ele e o filho são sua família? Tudo bem que eu nunca te vi tão feliz assim, ele te faz muito bem e é por isso que todos aqui apoiam esse relacionamento, mas da uma segurada as vezes é bom, viva cada coisa de uma vez.
-Ok, mãe – Demi suspirou e elas se abraçaram – eu tenho que ir, eu to atrasada.
Dianna apenas sorriu e observou a filha saindo com o carro, ela tinha medo de que Demi se magoasse, apostasse demais em algo que poderia não ter futuro, deu de ombros e voltou para casa, já tinha feito o que estava em seu alcance.
-DEMIIIIIIIIIIIIIIIIII – Miley gritou assim que a viu parada no saguão.
-Isso, grita mais, pra brotar fã até do chão – Demi ironizou, estava preocupada com o que Denise dissera, não estava com cabeça pra nada no momento.
-LIKE A SKYSCRAPER – Miley cantarolou sorrindo e Demi não pode deixar de acompanha-la – saudades – elas se abraçaram.
-Muita – Demi sorriu e encarou Nick enrolado com o carrinho com as malas – ajuda ai, caipira?
-Nossa, a mocinha da cidade grande vai me ajudar? – brincou e ela foi até ele abraçando-o.
-Sou uma menina educada – ela brincou e pegou o carrinho – cadê a Eleanor?
-Ficou com a minha mãe – Nick disse – queremos uma segunda lua de mel.
-Longe dos meus lençóis – Demi disse rapidamente.
-Ah, claro – Miley riu com ela.
Eles seguiram rapidamente para a clinica, Joe e Demi não haviam contado do namoro, queriam fazer uma surpresa, fingiriam que estavam brigados , quando eles chegaram, foram direto para o quarto, Miley e Nick queriam passar a tarde com Ronan.
-SÃO ELES? – o pequeno quase gritou quando ouviu passos próximos a porta.
-Deve ser – Joe respondeu – não esquece o trato, hein.
Ronan sorriu, ele era cúmplice na história toda.
-Oi – Demi disse abrindo a porta devagar – tenho visitas.
-SURPRESA – Miley pulou para dentro do quarto.
-Miley, isso é uma clinica, se controla – Joe disse rindo.
-Mas já chega assim, brigando comigo?
-Ele anda irritadinho – Demi ironizou, revirou os olhos e se jogou na poltrona enquanto Miley e Nick abraçavam Ronan.
-Não começa, Demetria – Joe fechou o punho e respirou fundo.
-Ih, o que ta acontecendo? – Miley perguntou.
-É impossível conviver com essa garota mimada – Joe soltou.
-Você que é um bruto e completamente idiota e orgulhoso – rebateu Demi estreitando os olhos.
-Eu achei que eles estivessem bem – Nick disse e Miley fez cara que não tava entendendo nada.
-Bruto e orgulhoso? – Joe fingiu não acreditar – você que acha que eu dependo demais de você, mas não, não dependo.
-Eu não to fazendo nada por você, absolutamente nada, na verdade, eu nem me importo com você, Joseph…
-OK, JÁ CHEGA – Miley se intrometeu – o que deu em vocês dois?
-Essa garota – Joe rebateu – essa garota que é completamente – fez uma pausa – linda, talentosa, é a menina mais incrível que eu já conheci.
-Não acredito que isso foi pra tirar com a nossa cara – Nick bufou.
-Estamos namorando – Demi disse e olhou para cara deles – surpresa – completou sem graça.
-Cachorra – Miley soltou rindo.
-Espera – Joe interrompeu a todos – agora eu tenho uma surpresa.
-Que? – Demi perguntou assustada – como assim?
-Bem – ele respirou fundo e se ajoelhou – você aceita se casar comigo? – estendeu uma caixinha.
-NÃO – Demi soltou assustada.
-Não? Não? Como assim? – Joe se desesperou.
-NÃO – ela se consertou – esse não foi de “não acredito”.
-Como não?
-Não de tipo, surpresa – Demi explicou.
-Que confusão, gente – Miley disse rindo – responde logo, Demi.
-SIM – ela gritou e ele continuou ajoelhado – agora foi a resposta mesmo, Joe, sim, eu aceito, é claro que eu aceito.
Ele riu ainda tentando assimilar tudo e se levantou pondo  a aliança no dedo dela, eles sorriram e se beijaram intensamente ali no meio do quarto, ele estava pensando nisso há dias, sorriu ao ver que poderia ter em sua vida a mulher que lhe trouxera a felicidade de volta, dessa vez, para sempre.

 Ooooooooooi, e aí ?  To com peninha do Ron, gente, e vocês ? Comentário ? xx


Ps: Gente, lembrando que sexta-feira sai o Leitora Do Mês. A leitora vai ganhar um super spoiler a respeito do final da fic. Fiquem ligadas e ganhem pontos!

3 comentários:

  1. Ahhhhhhh tá muito boom, que fofo o Joe pedindo a Demi em casamento...
    Bjksss e popsta logoooo ;)

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhhh que capitulo lindoooooooooooooooooooooooooooooooooooo e o Ronan tem que se recuperar logo!!
    Morri com o Joe pedindo a Demi em casamento!!
    postaaaaaaaaaaa maisssssssssssss.......

    ResponderExcluir