sábado, 22 de dezembro de 2012

I Love You To The Moon And Back - Sinopse

video


Everything Has Changed - Capítulo 76


Capítulo 76

-Droga – ela resmungou – NICK, ESPERA – gritou se livrando dos braços de Joe – desculpa, a gente conversa depois – deu um meio sorriso e saiu correndo atrás de Nick.
Foi para dentro da casa onde a festa ainda estava no auge, o mar de pessoas a empurrava para a pista de dança, em meio a comemorações de estranhos ela encontrou rostos conhecidos.
-SELENA – gritou desesperada.
-Que susto, Demi – Selena sorriu e a abraçou – tava te procurando, parabéns – elas se afastaram – espera, o que houve?
-Você viu o…
-Ei, Demi – Justin chegou com dois copos na mão – parabéns – ele sorriu e piscou pra ela – você tá gata.
Ela encarou Selena que sorriu.
-Ele é idiota assim mesmo, mas me diz, o que aconteceu?
-Vocês viram o Nick por aí?
-Não – Selena curvou a boca pra baixo.
-Ele passou feito um louco por mim quando eu estava pegando as bebidas – Justin explicou – eu chamei ele mas ele me ignorou.
-Você viu pra que lado ele foi? – Demi voltou a perguntar ainda nervosa.
-Acho que ele parou pra falar com a Miley e depois saiu.
-Ok, obrigada – Demi saiu atrás de Miley, Justin e Selena se entreolharam e resolveram segui-la.
-DEMI – Miley gritou ao ver que ela se aproximava segurando as lágrimas.
-Eu não queria, Miley, eu juro.
-O que tá rolando? – Selena perguntou assustada abraçando Demi.
-Depois eu te explico – ela disse em meio as lágrimas – onde ele foi?
-Não sei –Miley respondeu – ele estava louco e o Liam levou ele pra algum lugar, eu não sei pra onde, só não podia deixa-lo sair de carro daquele jeito.
-O que eu faço? – Demi perguntou soluçando.
-Vai pra casa, é o melhor a se fazer – Miley respondeu e encarou Justin e Selena – vocês podem leva-la? Eu vou ficar aqui pra me despedir dos convidados.
-Claro – Justin sorriu e guiou Selena e Demi até o carro.
-Você vai ficar bem? – Selena perguntou estacionando o carro, Justin veio logo atrás com o carro de Demi
-Uhum – ela sorriu – obrigada.
Elas se despediram e Demi entrou correndo em casa, se trancou no quarto e tentou dormir, mas a expressão de decepção de Nick e a culpa de ter magoado a pessoa mais importante pra ela não deixava o sono chegar.
Rolou na cama diversas vezes, depois de quase uma hora resolver tomar uma atitude, pegou o celular e ligou pra ele. Nada, das primeiras vezes ele não atendeu, depois desligou o celular, ótimo, ela pensou, eu estraguei tudo.
-Alo – disse com voz de sono, apertou os olhos e ao abri-los novamente viu que já era de manhã.
-Dems – Joe chamou – te acordei?
-Não – mentiu e bocejou – talvez – riu sem humor.
-Desculpa – ele disse sem jeito – eu tava preocupado com você, me perdoa, eu não queria.
-Tudo bem, Joe, você não fez nada sozinho – ela sentou na cama apoiando o cotovelo na perna e entrelaçando os dedos no cabelo – eu tive culpa também.
-Não gosto de você tristinha assim – ele reclamou.
-Como ele tá?
-Não sei – Joe respirou fundo – tentei conversar com ele mas ele não quis me ouvir.
Demi respirou fundo.
-Você acha que eu devo ir aí?
-Acho melhor não – Joe foi sincero – deixa ele organizar as ideias, conheço o Nick, isso é algo momentâneo, depois ele vai te ouvir.
Demi não descordou, sabia que Nick era realmente assim, ele ficava na dele por alguns dias mas depois perdoava, mas ela estava tão mal que não sabia se conseguiria esperar.
-Ok – foi o que ela disse.
-Vai na gravadora hoje? – Joe perguntou pra desconversar.
-Vou, mas só pra escolher o ensaio fotográfico para a capa, o CD já está pronto.
-O nosso também já ta na reta final – ele sorriu – mas vamos hoje pra fechar alguns detalhes.
Eles conversaram mais um pouco, Joe como sempre, tinha facilidade de fazê-la rir, o que a fez esquecer um pouco toda essa confusão que estava sua vida amorosa.
Demi foi para a gravadora depois do almoço, não demoraria lá, iria apenas escolher as fotos para fechar a primeira parte do CD, quando estava saindo depois de finalizar seu trabalho, ela encontrou Nick no corredor.
-Nick, eu – começou a falar rápido atropelando as palavras.
-Agora não, Demi, por favor – ele a cortou friamente e entrou no estúdio.
Três semanas se passaram, Demi e Joe estavam bem próximos novamente mas ela não conseguia esquecer Nick, embora ele não quisesse vê-la de jeito nenhum, estava  muito mal por isso, mas Joe tinha o poder de fazer com que ela ficasse bem, o que a deixava ainda mais dividida.
-Eu não sei mais o que fazer – desabou ao telefone, era uma tarde de sábado e Demi estava desesperada por não ter conseguido falar com Nick ainda – eu preciso me desculpar, preciso conversar com ele.
-Quanto tempo tem que ele não te atende?
-Três semanas – Demi respirou fundo – três semanas, Miley, eu to preocupada, ele não é de fazer isso.
-E como estão as coisas com o Joe? – Miley perguntou interessada.
Ela suspirou e sorriu de leve.
-Acho que ele nunca vai perder o espaço que tem na minha vida, nem o poder que tem sobre mim – fez uma pausa – nos reaproximamos, mas o Nick me faz muita falta, eu não quero apenas me desculpar, eu quero estar com ele, o que me deixa mais confusa ainda, eu acho que eu amo os dois igualmente.
-Isso é impossível, Demi – Miley explicou – eu amo o Nick, mas sei bem o efeito que o Liam tem sobre mim, isso não me faz amar menos um ou outro, são amores diferentes, quando eu percebi isso, eu abri mão de um.
-Mas eu não consigo distinguir – choramingou.
-Na hora certa você vai perceber, eu sei, tá tudo uma bagunça agora, mas vai chegar o momento que você saberá o que fazer – Miley sorriu – eu vou estar aqui sempre, viu, sempre que precisar de mim.
-Obrigada, Miles, eu não seria nada sem você – Demi foi sincera.
Mais um mês se passou e Demi não tinha visto Nick desde então, já havia feito alguns shows com Selena e a popularidade dela aumentava assustadoramente, isso a distraía, mas quando estava sozinha, só conseguia pensar que seu melhor amigo estava sofrendo por ela.
-DEMI – uma voz infantil a tirou do transe enquanto ela encarava uma vitrine, a menininha com uma trança de cada lado sorriu emocionada – me dá um autógrafo?
Demi sorriu com lágrimas nos olhos, era a primeira vez que alguém a pedia um autógrafo, ela agachou pra ficar da altura da menina e pegou o bloquinho cor de rosa das mãos dela, assinou seu nome enquanto a mãe da menina tirava uma foto.
Observou ela se afastando com um sorriso no rosto, pulava ao lado da mãe com o bloquinho nas mãos, nesse momento Demi teve a certeza de que era isso que ela queria, levar felicidade para seus fãs, torceu o nariz, eu ainda não tenho fãs, pensou, seu celular tocou trazendo-a para a realidade.
-Demi? – Miley chamou – o Nick me ligou agora, ele vai viajar amanhã de manhã.

Penúltimoooooo! Comentem, comentem, comentem! Demi vai ficar com quem ? * Suspeeeeeeense*